Serviço de Animação Litúrgica cruz WhatsApp: (17) 3512-9014
liturgia@liturgia.pro.br


ATENDIMENTO
de 2ª - 6ª das 13:30 - 17:30
 
 
PÁGINA INICIAL  |  QUEM SOMOS  |  ARTIGOS SERGINHO VALLE  |  PEDAGOGIA DO MÊS  |  DIRETÓRIO LITÚRGICO  |  FALE CONOSCO
 
 

XXI - 2021

Acesso às Propostas

Renove, assine, faça seu pedido ou faça download das propostas aqui:
Esqueceu sua senha?
Clique aqui
Ainda não tem cadastro?
Clique aqui

Confirmar Pagamento

Enviar Confirmação

E-book's

Pastoral Lit├║rgica, uma proposta um caminho

Para adquirir este ou outros e-book's, acesse a central do assinante e faça o seu pedido

Avisos

PROPOSTAS NOVEMBRO DE 2021

 

Comunicamos que 

As propostas de
NOVEMBRO/21 JÁ ESTÃO DISPONÍVEIS NO SISTEMA.
 
Se não estiver conseguido acesso é possível que sua assinatura tenha expirado. Fale conosco!!
 
Estamos operando com nova plataforma para BOLETO/CARTÃO: ASAAS. 
 
Temos também a transferencia por PIX.
 
Número PIX: CPF 443.599.189-68.
 
Ou aponte a camera do seu app do BANCO para nosso QR code abaixo:
 
 
QRCode Pix Sal
 
Não esqueça de avisar por e-mail liturgia@liturgia.pro.br 
quando optar pelo QR code. Neste caso, informe seu código de asssinante e seu banco. Qualquer dúvida comunique!
Att.
Ana
Whatsapp 17-35129014
veja todos

Diretório Litúrgico


Diretório Litúrgico 

O Ano Litúrgico

A Liturgia...
Leia Mais

veja todos

 

Celebrações Especiais

Missa de Bodas Matrimoniais
Leia Mais

Novena do Padroeiro
Leia Mais

Semana vocacional - Grupos
Leia Mais

Semana vocacional - Liturgia da Palavra
Leia Mais

 
Epifania e discipulado
30 de dezembro de 2014
Epifania e discipulado
 
Tempo de Natal
Santa Maria, Mãe de Deus, ajudai-nos a construir a paz! Com esta invocação iniciamos as preparações celebrativas deste novo ano de 2015. Uma celebração que exalta a ação divina em Deus que abençoa seu povo com sua proteção, para que possa caminhar com segurança rumo à Terra Prometida. No centro da bênção está a Teologia da presença divina, que acontece plenamente em Jesus, cujo nome significa “Deus salva”. Uma indicação de que nossas celebrações também se caracterizam como invocativas da bênção do alto, recordando que o nascimento de Jesus é a concretização plena e irrepetível da grande bênção divina: a presença divina entre nós, até o final dos tempos.
 
Já mesmo, na preparação de nossas celebrações comunitárias estamos invocando a bênção do alto, para que os discípulos e discípulas de Jesus, a exemplo da Virgem Mãe de Deus — também chamada de “primeira discípula de seu Filho Jesus” — tornam-se santificados e, pela vivência santificante e santificadora, santifiquem toda a terra.
 
Este primeiro momento das celebrações do novo ano (2015) tem também a finalidade de acordar a comunidade, para que se faça peregrina e se coloque na estrada para ir ao encontro do Príncipe da Paz, a exemplo dos Reis Magos (Epifania). Neste sentido, cada preparação celebrativa tem uma dupla finalidade: abrir os olhos da comunidade para que contemple a luz divina brilhando na simplicidade do Menino Jesus e, em segundo lugar, convocar a comunidade para que se deixar iluminar pela luz divina, presente no Evangelho, na certeza que em Jesus está o manancial da Salvação, como proclama a Liturgia do Batismo de Jesus Cristo.
 
A festa litúrgica do Batismo do Senhor conclui o Tempo Natalino apresentando a identidade de Jesus como Messias, o Filho amado de Deus, o ungido pelo Espírito Santo. Jesus é a Palavra divina que cai no coração de quem se dispõe a caminhar nos caminhos dos Mandamentos divinos e a pensar com os pensamentos de Deus. Deste modo, preparar a celebração do Batismo de Jesus é conduzir os celebrantes a se aprofundarem na identidade de Jesus para o conhecerem sempre mais e melhor.
 
 
Tempo Comum
A segunda parte do mês de Janeiro é completada pelo início do Tempo Comum, o tempo do discipulado. Um tempo que se inicia pelo chamado, recordando que Deus sempre chama pelo nome, pois é um Deus que se relaciona de modo pessoal.
 
É neste sentido que o Tempo Comum neste Ano Litúrgico - B inicia-se com um forte apelo vocacional, convidando os celebrantes a ficarem atentos para ouvir a voz do Senhor e para se disporem ao seu seguimento através do discipulado. A preparação da celebração do 2º Domingo do Tempo Comum-B terá em mente favorecer nos celebrantes uma atitude de escuta, para ouvir a voz divina chamando ao seguimento e, ao mesmo tempo, se dispondo a seguir Jesus, entrando na escola do seu discipulado. Uma vez se dispondo ao seguimento, pelo discipulado, os celebrantes são iniciados nos caminhos do Senhor (3DTC-B) por um grande apelo à conversão, capaz de mudar o modo de viver e assumir um novo estilo de vida.
 
O seguimento a Jesus, através do discipulado, é uma necessidade na vida cristã. Para que isso aconteça é necessária a mudança de vida, a conversão e a eliminação de todos os desapegos, especialmente aqueles que nos impedem de viver o Evangelho (3DTC-B).
 
Conclusão
Janeiro se abre com uma bela proposta de, inicialmente, manifestar, fazer Epifania de Jesus Cristo a toda a comunidade e, na segunda parte do mês, ajudar os irmãos e irmãs da comunidade a se disporem a viver e a seguir Jesus através do discipulado.
(Serginho Valle)

    

Download
Tags: Epifania, Batismo de Jesus, discipulado

VOLTAR