Serviço de Animação Litúrgica cruz WhatsApp: (17) 3512-9014
liturgia@liturgia.pro.br


ATENDIMENTO
de 2ª - 6ª das 13:30 - 17:30
 
 
PÁGINA INICIAL  |  QUEM SOMOS  |  ARTIGOS SERGINHO VALLE  |  PEDAGOGIA DO MÊS  |  DIRETÓRIO LITÚRGICO  |  FALE CONOSCO
 
 

XXI - 2021

Acesso às Propostas

Renove, assine, faça seu pedido ou faça download das propostas aqui:
Esqueceu sua senha?
Clique aqui
Ainda não tem cadastro?
Clique aqui

Confirmar Pagamento

Enviar Confirmação

E-book's

Pastoral Litúrgica, uma proposta um caminho

Para adquirir este ou outros e-book's, acesse a central do assinante e faça o seu pedido

Avisos

PROPOSTAS NOVEMBRO DE 2021

 

Comunicamos que 

As propostas de
NOVEMBRO/21 JÁ ESTÃO DISPONÍVEIS NO SISTEMA.
 
Se não estiver conseguido acesso é possível que sua assinatura tenha expirado. Fale conosco!!
 
Estamos operando com nova plataforma para BOLETO/CARTÃO: ASAAS. 
 
Temos também a transferencia por PIX.
 
Número PIX: CPF 443.599.189-68.
 
Ou aponte a camera do seu app do BANCO para nosso QR code abaixo:
 
 
QRCode Pix Sal
 
Não esqueça de avisar por e-mail liturgia@liturgia.pro.br 
quando optar pelo QR code. Neste caso, informe seu código de asssinante e seu banco. Qualquer dúvida comunique!
Att.
Ana
Whatsapp 17-35129014
veja todos

Diretório Litúrgico


Diretório Litúrgico 

O Ano Litúrgico

A Liturgia...
Leia Mais

veja todos

 

Celebrações Especiais

Missa de Bodas Matrimoniais
Leia Mais

Novena do Padroeiro
Leia Mais

Semana vocacional - Grupos
Leia Mais

Semana vocacional - Liturgia da Palavra
Leia Mais

 
Pedagogia de outubro 2015
26 de setembro de 2015

Pedagogia de outubro 2015

           Outubro se apresenta como um mês repleto de atividades, do ponto de vista eclesial. Em contexto mundial, a Igreja celebra o Sínodo da Família e, em contexto nacional, celebramos a festa de Nossa Padroeira, Nossa Senhora Aparecida. Um mês, igualmente, no qual seremos convidados a considerar nosso testemunho cristão diante deste difícil momento histórico, pelo qual passa o nosso país. A pedagogia litúrgica deste mês terá muito a dizer e nos ajudar neste sentido. Além destes dois eventos, Outubro é também o Mês Missionário, o qual a Igreja no Brasil dedica uma especial atenção, seja com a contribuição financeira como com as orações, sustentando os milhares de missionários e missionárias que semeiam e plantam o projeto do Reino de Deus.

 
Fidelidade conjugal e fidelidade ao Evangelho
            A primeira celebração de outubro (27DTC-B) sintoniza-se perfeitamente com a abertura do Sínodo dos Bispos sobre a família. É uma celebração que se inspira e se contextualiza no projeto divino da fidelidade matrimonial, proposto pelo próprio Deus, com a conhecida orientação de Jesus de o que Deus uniu, o homem não ouse separar. Um ensinamento que considera a fidelidade não unicamente do ponto de vista legal, mas como caminho e meio de se viver de modo feliz o Matrimônio. Um tema, por isso, de grande atualidade, que tem a ver com identidade do homem e da mulher que buscam no Matrimônio a felicidade e o sentido de suas vidas. Um tema que, como dizia, torna-se ainda mais atual devido ao Sínodo sobre a Família, que acontecerá neste mês de outubro, no Vaticano.
            Ainda no campo da fidelidade, mas em outro contexto, podemos compreender como esta conduz a vida do homem e da mulher nos caminhos da sabedoria. A celebração do 28DTC-B é bem direta, neste sentido: escolher o dom da sabedoria divina para ser livre, para se viver na alegria de quem tem o coração livre e libertado. É o exemplo de Salomão, o rei sábio, que prefere o dom da sabedoria às estratégias políticas para ter sucesso na liderança de seu povo. Um desejo, este de buscar a sabedoria divina, que jamais deveria se apartar de nossa alma. Buscar o espírito da sabedoria divina cultivado através do contato com a Palavra de Deus e do desapego de todo e qualquer tipo de bem terreno, capaz de impedir nossa liberdade. No contexto do discipulado, é importante interceder o espírito da sabedoria divina para se tornar discípulo e discípula de Jesus. Ou seja, para se viver na sabedoria divina não basta o conhecimento intelectual dos preceitos ou do Evangelho, é preciso viver desapegado de tudo que é terreno, para que o Espírito de liberdade, que vem de Deus, nos torne sábios na vida e fiéis aos ensinamentos do Evangelho.
 
O sentido da vida: servir
            Considerando o sentido da vida e o caminho para se encontrar um sentido existencial, a celebração do 29DTC-B considera a vida a partir do serviço e o fazer do serviço uma atividade missionária. A Igreja pede, na Liturgia deste Domingo, que dediquemos nossas preces com uma lembrança especial à sua atividade missionária. A missionariedade é uma atividade essencial, uma vez que a Igreja nasceu missionária e só vive sua vocação quando exerce o mandato de Jesus de ir pelo mundo em missão evangelizadora. A missão de anunciar o Evangelho encorajando nossa gente a não se deixar cegar pelo atual momento histórico, pelo qual passa o país, mas a exemplo do acontece ao cego que é chamado para se aproximar de Jesus dizer a todo o nosso povo: “coragem, levanta-te, ele te chama!” (30DTC-B). Diante da crise moral, social e econômica do país, a Palavra deste Domingo convida a se aproximar de Jesus, para sermos iluminados pela sua luz e, com esta luz, realizarmos a missão de iluminar quem vive nas trevas.
 
Nossa Senhora Aparecida
Outubro se propõe a ser um mês que envia em missão, com um claro incentivo à esperança e à promoção de um modo novo de entender a vida pelo ser e não pelo ter. Um mês com celebrações missionárias, marcado com profecias da esperança, para que a vida humana não termine no vazio daqueles que acreditam somente na força do ter e não do ser. Celebrações que impulsionam os celebrantes a busca o alto, como diz o tema da novena da padroeira do Brasil, para este ano de 2015: “Com Maria, em Jesus, chegamos à glória”. Não em sentido alienado, é claro, mas com um coração desejoso de viver para sempre em Deus e com Deus.
 
Conclusão
            No contexto da dimensão missionária, proposta para o mês de outubro, destacamos a missão da família, como missionária e servidora da sociedade e para o bem de toda a terra, a missão de se viver o discipulado de modo livre, inspirando-se na sabedoria divina, e a missão de não colocar o sentido da vida somente na terra, mas de, a exemplo de Nossa Senhora Aparecida, caminhar para o encontro da glória de Deus.
(Serginho Valle)
Download
Tags: missão, Família

VOLTAR