Serviço de Animação Litúrgica cruz WhatsApp: (17) 3512-9014
liturgia@liturgia.pro.br


ATENDIMENTO
de 2ª - 6ª das 13:30 - 17:30
 
 
PÁGINA INICIAL  |  QUEM SOMOS  |  ARTIGOS SERGINHO VALLE  |  PEDAGOGIA DO MÊS  |  DIRETÓRIO LITÚRGICO  |  FALE CONOSCO
 
 

XXI - 2021

Acesso às Propostas

Renove, assine, faça seu pedido ou faça download das propostas aqui:
Esqueceu sua senha?
Clique aqui
Ainda não tem cadastro?
Clique aqui

Confirmar Pagamento

Enviar Confirmação

E-book's

Pastoral Lit├║rgica, uma proposta um caminho

Para adquirir este ou outros e-book's, acesse a central do assinante e faça o seu pedido

Avisos

PROPOSTAS NOVEMBRO DE 2021

 

Comunicamos que 

As propostas de
NOVEMBRO/21 JÁ ESTÃO DISPONÍVEIS NO SISTEMA.
 
Se não estiver conseguido acesso é possível que sua assinatura tenha expirado. Fale conosco!!
 
Estamos operando com nova plataforma para BOLETO/CARTÃO: ASAAS. 
 
Temos também a transferencia por PIX.
 
Número PIX: CPF 443.599.189-68.
 
Ou aponte a camera do seu app do BANCO para nosso QR code abaixo:
 
 
QRCode Pix Sal
 
Não esqueça de avisar por e-mail liturgia@liturgia.pro.br 
quando optar pelo QR code. Neste caso, informe seu código de asssinante e seu banco. Qualquer dúvida comunique!
Att.
Ana
Whatsapp 17-35129014
veja todos

Diretório Litúrgico


Diretório Litúrgico 

O Ano Litúrgico

A Liturgia...
Leia Mais

veja todos

 

Celebrações Especiais

Missa de Bodas Matrimoniais
Leia Mais

Novena do Padroeiro
Leia Mais

Semana vocacional - Grupos
Leia Mais

Semana vocacional - Liturgia da Palavra
Leia Mais

 
Presen├ža divina e evangeliza├ž├úo
27 de maio de 2017

 Presença divina entre nós

            Dentre as finalidades da Liturgia, uma delas é celebrar a presença divina entre nós. Celebramos esta presença em forma sacramental, mas é presença real, de Deus agindo entre nós e, nós, como Igreja, celebrando sua presença e sua Salvação em nosso meio.
            A celebração da presença divina entre nós acontece por obra do Espírito Santo. É o Espírito quem conduz a Liturgia, quem possibilita a presença divina entre nós. Isso livra a Igreja da possibilidade de considerar a Liturgia um ato mágico. Invés disso, garante que só existe possibilidade de atualização litúrgica, no sentido teológico Memorial, se houver presença e graças à presença do Espírito Santo no ato celebrativo. A celebração de Pentecostes faz memória disso de modo solene, mas toda celebração litúrgica é sempre momento epiclético, quer dizer, invocação do Espírito Santo para que Deus esteja entre nós, para que a presença divina esteja entre nós: “Ele está no meio de nós!”
            É pelo Espírito Santo que somos convocados e reunidos em nome de Jesus Cristo: “Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo”. É o Espírito que age, é Deus que nos reúne no amor de Jesus Cristo, é a presença da Trindade envolvendo-nos em todo ato litúrgico. É diante da Trindade Santa que, pela Liturgia, homens e mulheres de toda a terra, são convidados a adoração, ao louvor e a ação de graças. Mas, é também obra do Espírito Santo, a convocação para sermos alimentados com o alimento Eucarístico e para sermos conduzidos pela Palavra proclamada em cada celebração litúrgica, nos caminhos e nos desertos da vida. A celebração litúrgica, portanto, promove a presença divina entre nós e, mais que isso, torna esta presença alimento e orientação para a vida.
A Liturgia evidencia, de modo muito claro, que quem se alimenta da Eucaristia, na Mesa da Palavra e na Mesa do Pão, encontra-se com Deus, alimenta-se de Deus e fortalece-se com a vida divina para o cotidiano de sua vida e de sua história. Quem se alimenta a Eucaristia encontra o sentido da vida, o motivo para o seu viver.
 
Liturgia, missão, evangelização
            É pela presença divina que somos convocados, na Liturgia e através da Liturgia, a dar continuidade à mesma missão de Jesus Cristo. Dar continuidade tendo o mesmo olhar de Jesus que, contemplando o tamanho da messe, convida a Igreja a não deixar de interceder por mais gente, porque a messe é grande e poucos são os operários (11DTC-A). É pelo acolhimento da missão evangelizadora de atuar na messe do Senhor que testemunhamos, no meio do mundo, que somos o Povo Santo de Deus. Povo que não vive de uma ideologia ou de um sonho, mas que é chamado a se empenhar a favor do projeto divino. Uma missão que, reconhecidamente, não é fácil, a ponto de inspirar temor e medo a quem se dispõe acolher o convite de Jesus.
Diante da possibilidade do medo, à medida que se conhece a pedagogia litúrgica, entende-se que a Liturgia não celebra ilusões; não esconde a agressividade do mundo, mas proclama pela Palavra que o mundo promove provações. Por isso, traz para suas celebrações a necessidade de crescer na confiança de quem conta com a presença divina no envio missionário e evangelizador. A Liturgia evidencia que o segredo do evangelizador está em confiar em Deus e não ter medo (12DTC-A). Não ter medo nem mesmo daqueles que podem matar o corpo. Não ter medo, como diz Jeremias, do poder dos exércitos que espalham mortes (12DTC-A). Ter confiança em todos os momentos, porque quem participa do Mistério celebrativo, enche-se da força divina, é envolvido pelo poder de Deus e é enviado a trabalhar na messe do Senhor.
Serginho Valle
2017
 
Download

VOLTAR