Serviço de Animação Litúrgica cruz WhatsApp: (17) 3512-9014
liturgia@liturgia.pro.br


ATENDIMENTO
de 2ª - 6ª das 13:30 - 17:30
 
 
PÁGINA INICIAL  |  QUEM SOMOS  |  ARTIGOS SERGINHO VALLE  |  PEDAGOGIA DO MÊS  |  DIRETÓRIO LITÚRGICO  |  FALE CONOSCO
 
 

XXI - 2021

Acesso às Propostas

Renove, assine, faça seu pedido ou faça download das propostas aqui:
Esqueceu sua senha?
Clique aqui
Ainda não tem cadastro?
Clique aqui

Confirmar Pagamento

Enviar Confirmação

E-book's

Pastoral Lit├║rgica, uma proposta um caminho

Para adquirir este ou outros e-book's, acesse a central do assinante e faça o seu pedido

Avisos

PROPOSTAS NOVEMBRO DE 2021

 

Comunicamos que 

As propostas de
NOVEMBRO/21 JÁ ESTÃO DISPONÍVEIS NO SISTEMA.
 
Se não estiver conseguido acesso é possível que sua assinatura tenha expirado. Fale conosco!!
 
Estamos operando com nova plataforma para BOLETO/CARTÃO: ASAAS. 
 
Temos também a transferencia por PIX.
 
Número PIX: CPF 443.599.189-68.
 
Ou aponte a camera do seu app do BANCO para nosso QR code abaixo:
 
 
QRCode Pix Sal
 
Não esqueça de avisar por e-mail liturgia@liturgia.pro.br 
quando optar pelo QR code. Neste caso, informe seu código de asssinante e seu banco. Qualquer dúvida comunique!
Att.
Ana
Whatsapp 17-35129014
veja todos

Diretório Litúrgico


Diretório Litúrgico 

O Ano Litúrgico

A Liturgia...
Leia Mais

veja todos

 

Celebrações Especiais

Missa de Bodas Matrimoniais
Leia Mais

Novena do Padroeiro
Leia Mais

Semana vocacional - Grupos
Leia Mais

Semana vocacional - Liturgia da Palavra
Leia Mais

 
Espiritualidade crist├ú na celebra├ž├úo das ex├ęquias
14 de agosto de 2021

 

 
Pedagogia de setembro 2021
 
O mês de setembro, tematizado no Brasil como "Mês da Bíblia, celebra quatro Domingos do Tempo Comum do Ano B: do 23DTC-B ao 26DTC-B. O último Domingo do mês de setembro é dedicado como “Dia Nacional da Bíblia”; trata-se de um convite para incentivar a leitura, o estudo e o aprofundamento Bíblico.
 
Do ponto de vista mistagógico, a Liturgia favorece refletir e celebrar a vida propondo como enfrentar as crises que agridem a vida de nossos tempos: com esperança, com fé e pelo serviço caridoso a favor da vida. Quem conduz tudo isso, na comunidade, é o Espírito Santo pelo carisma profético de quem vive evangelizado no caminho do discipulado.
 
Como facilmente se percebe, o enfoque presente nas propostas celebrativas do SAL - Serviço de Animação Litúrgica ilumina-se nas Virtudes Teologais — fé, esperança e caridade — Todas as virtudes em forma dinâmica, com atividades práticas. A fé com as obras e a caridade, por exemplo, como serviço fraterno na humildade de servidor. O último Domingo de setembro (26DTC-B) favorece compreender que o crescimento no cultivo da fé, da esperança e do serviço na caridade acontece pela ação do Espírito Santo em favor da comunidade.
 
Reagir às provações causadas pelas crises
O pano de fundo presente nas propostas celebrativas do SAL tem a ver com as crises sanitárias e sociais, com as quais convivemos neste momento histórico. Crises provocadoras de desânimo, depressão, medos e revoltas. A Liturgia propõe superar a crise pela esperança (23DTC-B), pela fé (24DTC-B), pelo serviço (25DTC-B), pelo acolhimento do Espírito Santo, autor da unidade e da concórdia dentro da comunidade (26DTC-B).
 
No primeiro Domingo de setembro (23DTC-B), o Evangelho narra a cura de um surdo-mudo com uma ordem clara: “éfetta”, que significa “abre-se”. O povo reage vendo em Jesus um caminho de esperança, um libertador que indica sinais de esperança presentes na vida. Isto é muito claro na 1L: "Dizei às pessoas deprimidas: criai ânimo".
 
Se no 23DTC-B a Liturgia abre os ouvidos dos celebrantes para ouvir a voz divina, presente na sua Palavra, no Domingo seguinte (24DTC-B), a Liturgia propõe uma atitude operante (de obras) da fé na Palavra divina. Fé como resposta ao projeto divino, presente na Palavra. O servo sofredor (1L – 24DTC-B) é exemplo de quem responde radicalmente ao projeto divino, proposto na Palavra de Deus. Também Jesus é exemplo da radicalidade da fé no projeto divino, não aceitando a proposta de Pedro sugerindo que Jesus não se mostrasse vulnerável pela aceitação da morte. Em meio a tantas crises, a Liturgia fortalece a fé para não se abandonar a estrada de Jesus, o Evangelho.
 
Uma vez fortalecidos pela esperança (23DTC-B) e pela fé operante (24DTC-B), a Liturgia conduz os celebrantes a agir, a ter atitude. Quem crê reage e a reação, do ponto de vista do Evangelho, é pelo serviço (25DTC-B). A radicalidade da fé de Jesus o conduziu à morte, mas Jesus não morre por uma ideologia, morre por obediência ao projeto divino com fé confiante na Palavra de Deus, na esperança que Deus viria em seu socorro. E assim aconteceu. O sentido que Jesus dá à sua Paixão e Morte, completando a trilogia das virtudes teologais, é a de serviço amoroso para salvar a humanidade. Este é o grande gesto da caridade de Jesus: dar a vida para que a vida humana não morra. O serviço caridoso, manifestado pelo serviço fraterno (25DTC-B) é um testemunho vivo de esperança (23DTC-B) e de fé operante (24DTC-B).
 
Três Domingos propondo como enfrentar as crises que agridem a vida de nossos tempos: com esperança, com fé operante (feita de obras) e pelo serviço caridoso a favor da vida. Isto não é obra unicamente humana, mas ação do Espírito Santo que conduz a Igreja à unidade (26DTC-B). Para isso, o Espírito Santo suscita profetas para favorecer a unidade e a concórdia na Igreja e na comunidade. As divisões comunitárias, as divisões dentro da comunidade, são sintomas da ausência do Espírito divino na comunidade, movimentos causadores de desesperança, de fé inativa e de ausência de serviço fraterno. A esperança (23DTC-B), a fé operante (24DTC-B) e o serviço caridoso (25DTC-B) são frutos do acolhimento comunitários do Espírito Santo (26DTC-B)
 
Conclusão
Em tempo de tantas incertezas, provocadas pela pandemia e por crises políticas que causam milhões de mortes, as propostas celebrativas do SAL propõem celebrar a esperança para fortalecer quem vive deprimido e desanimado (23DTC-B), avivar a fé operante para não se deixar abater pelos reveses e provações da vida (24DTC-B), colocar-se a serviço caridoso a favor da vida, a exemplo de Jesus (25DTC-B) e abrir-se ao acolhimento do Espírito Santo (16DTC-B) para construir a unidade e a concórdia na comunidade.
 
Para conhecer as propostas celebrativas do SAL - Serviço de Animação Litúrgica, não deixe de acessar nossa página em www.liturgia.pro.br
Serginho Valle
Junho 2021
 
 
 
  
 
Download

VOLTAR