Serviço de Animação Litúrgica cruz WhatsApp: (17) 3512-9014
[email protected]


ATENDIMENTO
de 2ª - 6ª das 13:30 - 17:30
 
 
QUEM SOMOS   |   ARTIGOS SERGINHO VALLE   |   PEDAGOGIA DO MÊS   |   DIRETÓRIO LITÚRGICO   |   DEPOIMENTOS   |   FALE CONOSCO
 
 

XXII - 2022

Acesso às Propostas

Renove, assine, faça seu pedido ou faça download das propostas aqui:
Esqueceu sua senha?
Clique aqui
Ainda não tem cadastro?
Clique aqui

Confirmar Pagamento

Enviar Confirmação

E-book's

Pastoral Litúrgica, uma proposta um caminho

Para adquirir este ou outros e-book's, acesse a central do assinante e faça o seu pedido

Avisos

PROPOSTAS DE SETEMBRO DE 2022

Comunicamos que :

As propostas de SETEMBRO/22 já ESTÃO DISPONÍVEIS
NO SISTEMA. 
 
Para renovar ou fazer nova assinatura,
clique em um dos links, lembrando que para RENOVAÇÃO (caso saiba), adicione
código de acesso junto ao NOME.
 
 
ASSINATURA ANUAL:
 
ASSINATURA SEMESTRAL : 
 
Ou, Renove por PIX,
depósito tradicional, QRcode:    
 
- Número PIX: 44359918968;
- DEPÓSITO TRADICIONAL: 
Bradesco: ag 0023; cc 0131805-5
titular: Sergio Francisco Valle
Brasil: ag 0076-0 ; cc 9086-7 -
titular: Rosane Almada da Silva
-QRCode -  Aponte a camera
do seu app do BANCO
para nosso QR code abaixo:

 
 
Opção: PIX, Depósito
em banco ou QRCode
envie-nos comprovante
por e-mail ou por whatsapp:
*[email protected] ;  
*17-35129014
 

Paz e Bem!
Ana
   

 

veja todos

Diretório Litúrgico


Diretório Litúrgico 

O Ano Litúrgico

A Liturgia...
Leia Mais

veja todos

 

Celebrações Especiais

Missa de Bodas Matrimoniais
Leia Mais

Novena do Padroeiro
Leia Mais

Semana vocacional - Grupos
Leia Mais

Semana vocacional - Liturgia da Palavra
Leia Mais

 
Pedagogia mistagógica de Agosto 2022
05 de agosto de 2022

Pedagogia de agosto 2022

A pedagogia mistagógica de agosto 2022 inspira-se no tema vocacional proposto para este ano de 2022: "Cristo vive! Somos suas testemunhas", com o lema "Eu vi o Senhor" (Jo 20,18). É um tema que propõe o discernimento vocacional a partir do testemunho existencial de quem se encontrou com Jesus Cristo. De quem "viu o Senhor". De quem teve a experiência pessoal de ver o Senhor e de ter estado com ele, ter convivido com ele, respondendo ao chamado vocacional da vida cristã.

Do ponto de vista da pedagogia mistagógica, os Domingos celebrados em agosto 2022 iluminam-se na mistagogia do testemunho vocacional, considerando a Palavra de cada Domingo, levando em conta que o testemunho vocacional acontece:

 

Pela confiança e discernimento em forma de vigilância (19DTC-C)

Pelo testemunho profético e seus riscos (20DTC-C)

Pela santidade que é a vocação cristã por excelência (Assunção de Nossa Senhora)

Pela humildade no modo de responder vocacionalmente (21DTC-C)

 Vocacionados ao testemunho: quatro modelos

No primeiro Domingo de agosto, 19DTC-C, a iluminação mistagógica contextualiza a celebração na confiança e no discernimento. Para isso, a necessidade de viver vigilantes. Não com a vigilância de um policiamento, limitador de atitudes, mas a vigilância no conceito de Jesus: estar sempre pronto para acolher e servir. Uma reflexão que faz compreender a vocação cristã como disposição vigilante para não perder nenhuma oportunidade de se colocar a serviço da vida. Vocação critã sempre tem a característica de ser chamado ao serviço e, para que a vocação se realize como serviço, a importância de viver e cultivar a vigilância. O primeiro modelo vocacional ilumina-se na vigilância para o serviço. Vigiar para não perder nenhuma oportunidade de servir, a exemplo de Jesus que veio para servir e viveu servindo.

 O segundo modelo do testemunho vocacional é o profetismo. O profetismo pode ser proposto como exemplo de vocação “clássica”, digamos, na Bíblia e na vida cristã. Desde o Batismo somos ungidos como profetas para testemunhar o Evangelho, no sentido Bíblico do profetismo, de testemunhar e viver fazendo a vontade de Deus. Neste sentido, a celebração do 20DTC-C, conduz os celebrantes a celebrar o Mistério divino presente na vocação profética. É o chamado para testemunhar o projeto divino, mesmo convivendo com a sensação de se estar desprotegido diante das agressividades sociais e ideológicas do mundo, como prooposto na Palavra. O segundo modelo vocacional, este pautado pelo profetismo, como diz o tema do Mês Vocacional, ilumina-se no profetismo.

 O outro modelo vocacional, o terceiro no mês de agosto 2022, ilumina-se no Mistério da Assunção de Nossa Senhora. De certo modo, sintetiza os dois modelos anteriores, do serviço e do profetismo. A vocação como serviço, presente no Evangelho da Assunção com Maria visitando Isabel para, depois de colocar-se a serviço de Deus — “ecce ancilla Domini (Lc 1,26-38) — coloca-se a serviço fraterno e caridoso de Isabel. Na Liturgia da Palavra, na Solenidade da Assunção de Nossa Senhora, encontramos os dois primeiros modelos da vocação cristã: o serviço (19DTC-C) e o profetismo (20DTC-C), este presente no belo hino do Magnificat.

 Mas, não se pode esquecer outro modelo vocacional, presente na Solenidade da Assunção de Nossa Senhora: a santidade. A vocação cristã é chamado à santidade; somos cristãos para caminhar nos caminhos da santidade. Maria é modelo realizado da vocação à santidade. Sua Assunção é profetismo que Deus nos quer convivendo com sua vida e participando da sua santidade (Mt 5,48). Por isso, o terceiro modelo destaca um dato importantíssimo em toda vocação cristã o chamado divino à santidade.

 Por fim, o quarto modelo, presente no 22DTC-C. É um modelo vocacional sintonizado com o primeiro modelo, aquele da vigilância para o serviço, dando destaque para o servir, enfatizando a importância de viver a vocação da vida cristã servindo. Toda vocação cristã é convite divino para ser colocar a serviço, no grande banquete da vida. No último Domingo de agosto 2022 aparece o valor do convite: todos somos convidados a nos alimentar da mesa da vida, o grande banquete oferecido por Deus, mas o lugar de destaque, ensina Jesus, não está em ocupar os primeiros lugares, mas em se fazer servidor do banquete, na humildade. Assim, a humildade é apresentado como condição básica para entender e responder à vocação na vida cristã. O quarto modelo da vocação cristã, agora considerando uma atitude prática, ilumina-se na humildade do servidor

                                                                                          Serginho Valle
Junho de 2022

Download

VOLTAR